top of page

Os cães veem cores

Atualizado: 23 de jan.


Fatos importantes sobre cães

Os cães veem cores – e isso influencia suas emoções e a forma que os tratamos. 

 

Os cães são os melhores amigos do homem, mas será que eles veem o mundo da mesma forma que nós? Durante muitos anos, acreditava-se que os cães eram daltônicos. No entanto, pesquisas recentes mostram que, embora os cães não possam ver as mesmas cores que os humanos, eles ainda conseguem enxergar cores. Neste artigo, vamos explorar como isso influencia suas preferências, emoções, atitudes e a forma que os tratamos. 


Cachorros não são brinquedos, não devem ser fantasiados e muito menos pintados - eles veem cores e preferem os tons neutros. 


Os cachorros são animais tranquilos, gostam de materiais orgânicos, naturais e que pertencem a uma paleta de cor sóbria e suave. 


Pintar ou fantasiar um Pet são maus tratos, causam estresse, constrangimento e oferecem vários riscos à sua saúde física e mental.

 

Pintar um animal, é um processo lento e tóxico. A aplicação de tinturas altera o cheiro e a aparência do seu bichinho, geram estresse, constrangimento e problemas de comunicação com outros animais, podendo até gerar brigas entre eles. As químicas presentes nas tinturas têm alta toxicidade e causam diversos problemas de saúde para o animal. Não é raro encontrar casos de cãezinhos que perderam partes do corpo, e até a vida, por conta de reações alérgicas à tintura. Animais não precisam de retoques estéticos, isso não trará nenhum benefício para eles.

 

Fantasiar um bichinho, especialmente com cores fortes e materiais sintéticos, causará estresse, ansiedade e constrangimento. 

 

É importante lembrar que os cães têm necessidades físicas e emocionais diferentes das nossas. Eles não precisam de roupas ou acessórios para se sentirem felizes ou confortáveis. Pintar ou fantasiar um cão causará desconforto, estresse e problemas sociais. Portanto, é importante respeitar o bem-estar do seu cão e não impor roupas ou acessórios desnecessários - não objetifique-o.

 

Um animalzinho de estimação não é um brinquedo, não é um objeto e não deve ser submetido à vaidade humana. 

3 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page